1 de maio de 2009

o quanto eu te amo..

A medida do tempo, conforme conhecemos pessoas, descobrimos coisas, erramos, aprendemos, sonhamos, crescemos.. aprendemos que as pessoas podem errar e aprender, e que elas podem nos fazer feliz, nos fazer chorar, nos fazer sonhar, mas além de tudo aprendemos com elas a amar.
desde a família até o seu amor, aquele com que você o juíz de paz diz: 'agora estão casados, pode beijar a noiva'.. só não entendo porque ele fala noiva.. isso já passou do noivado, é casamento, e agora ela é esposa, mas isso não vem ao caso;
ontem eu li uma história que mexeu muito comigo, era uma fábula infantil, que eu acho que faz com que as crianças aprendam a amar desde muito pequenos, que o amor é a base de tudo!

Adivinha o quanto eu te amo!
Era hora de ir para a cama, e o Coelhinho se agarrou firme nas longas orelhas do Coelho Pai.
Ele queria ter certeza de que o Coelho Pai estava ouvindo.
- Adivinha quanto eu te amo? - disse ele.
- Ah, acho que isso eu não consigo adivinhar - respondeu o Coelho Pai.
- Tudo isso - disse o Coelhinho, esticando seus bracinhos o máximo que podia.
Só que o Coelho Pai tinha os braços mais compridos. E disse:
- E eu te amo tudo isto !
Huuum, isso é um bocado, pensou o Coelhinho.
- Eu te amo toda a minha altura - disse o Coelhinho.
- E eu te amo toda minha altura - disse o Coelho Pai.
Puxa, isso é bem alto, pensou o Coelhinho. Eu queria ter os braços compridos assim.
Então o Coelhinho teve uma boa idéia. Ele se virou de ponta cabeça, apoiando as patinhas na árvore. - Eu te amo até as pontas dos dedos de meus pés!
- E eu te amo até as pontas dos dedos dos teus pés - disse o
Coelho Pai balançando o filho no ar.
- Eu te amo a altura de meu pulo! - riu o Coelhinho saltando, para lá e para cá.
- E eu te amo a altura do meu pulo - riu também o Coelho Pai e saltou tão alto que suas orelhas tocaram os galhos das árvores.
- Eu te amo toda a estradinha daqui até o rio - gritou o Coelhinho.
- Eu te amo até depois do rio até as colinas - disse o Coelho Pai.
É uma bela distância, pensou o Coelhinho.
Ele estava sonolento demais para continuar pensando.
Então ele olhou para além das copas das árvores, para a imensa escuridão da noite.
Nada podia ser maior do que o Céu.
- Eu te amo ATÉ A LUA! - disse ele, e fechou os olhos.
- Puxa, isso é longe disse o Coelho Pai. Longe mesmo!
O Coelho Pai deitou o Coelhinho na sua caminha de folhas. E então se inclinou para lhe dar um beijo de Boa Noite.
Depois, deitou-se ao lado do filho e sussurrou sorrindo:
- Eu te amo até a lua...IDA E VOLTA !


é isso aí, espero que tenham gostado.. ;)
e que maio seja melhor que abril (yn) bom feriado pra vocês, ótimo dia para os trabalhadores brasileiros HAHA' ;)

10 comentários:

Luan Fernando disse...

Amor sempre será um dos fatores do mundo continuar existindo. Quando o amor não existe mais, acabou tudo.

juju disse...

'e que maio seja melhor que abril' ai, amém! que linda a história. amor vai ser sempre indispensável, mesmo que muitas vezes não tenhamos nascido do amor entre duas pessoas, com certeza só coseguimos viver porque muita gente nos ama.

eu adorei aqui! :)
beijos

Jey disse...

'agora estão casados, pode beijar a noiva'.
Oh, como eu sempre choro com essa frase.

Adorei :}

elis disse...

ahh que lindooooo...queria um amor desses acho que so existe sonre nossas mãe né..nina..xerouim proce!

Deborah Fernandes disse...

lidno!
amei!
to te seguindo, okz?
beijocas :*

Aquela tal de brito disse...

aiiiiiiii que fofura a historianha do coelho
*-*
sem amor, não há vida
sem amor não há alegria
e tudo mais que queremos na vida :D

beeeijos*

Bruna Bianconi disse...

que lindinho, cada dia melhor seu blog! ótima semana, e um maio maravilhoso

Larissa disse...

Linda a história dos coelhinho. Muito engrandecedora.
O engraçado é que às vezes a gente pensa que histórias infantis não nos ensinam nada, mas no fundo elas transmitem boas lições - lições das quais deveríamos lembrar mais frequentemente, aliás.
Ter noção do amor desde cedo deve ser um tesouro, e uma preparação para nobres futuros. É com simplicidade que se explica, e que se transforma.
Beijo.

Andressa ♥ Douglas disse...

enquanto hover amoor, tudo terminará beem (:

adoreei o blog, volto sempre,
beeeijoo;*

Deborah Fernandes disse...

oooown *.* que fofis...
amei.
haha
valeu pela visita! beijocas :*
P.S.: to te seguindo, okz?

Related Posts with Thumbnails