27 de dezembro de 2009

uma porta..


Se você abre uma porta, você pode ou não entrar em uma nova sala.
Você pode não entrar e ficar observando a vida.
Mas se você vence a dúvida, o temor, e entra, dá um grande passo: nesta sala vive-se !
Mas, também, tem um preço... São inúmeras outras portas que você descobre. Às vezes curte-se mil e uma.
O grande segredo é saber quando e qual porta deve ser aberta.
A vida não é rigorosa, ela propicia erros e acertos.
Os erros podem ser transformados em acertos quando com eles se aprende.
Não existe a segurança do acerto eterno.
A vida é generosa, a cada sala que se vive, descobre-se tantas outras portas.
E a vida enriquece quem se arrisca a abrir novas portas.
Ela privilegia quem descobre seus segredos e generosamente oferece afortunadas portas.
Mas a vida também pode ser dura e severa.
Se você não ultrapassar a porta, terá sempre a mesma porta pela frente.
É a repetição perante a criação, é a monotonia monocromática perante a multiplicidade das cores, é a estagnação da vida..
Para a vida, as portas não são obstáculos, mas diferentes passagens!
Içami Tiba

4 comentários:

disse...

Adorei o texto.
Eu procuro abrir todas as portas da minha vida, e se for um erro, aprender com ele; Eu acho que nunca devemos nos arrepender de algo, pois mesmo tendo errado, mesmo que não tenha sido bom, a gente aprende assim mesmo ^^

um beijo :*

Tati Rodrigues disse...

Belo texto nesse momento onde se encerram ciclos, apresentam-se portas... e as escolhas são necessárias, viver é preciso...

bjs guria.

Bruna Bianconi disse...

Eu achei lindo esse texto, me cativou nas primeiras linhas :)

Giovanna disse...

Mesmo Obstáculos são parte em que temos que enfrentar.

Related Posts with Thumbnails